2007-01-08

às vezes acontece-me o frio nos olhos





(fotografias de philip plisson e philippe bourseiller)

16 comentários:

Vanessa disse...

A mim acontece-me a chuva nos olhos.

[...]

Lindo. O post.

Beijo grande*

melgadoporto disse...

O quanto nos custa manter a nossa árvore sadia.
Manter verde as suas folhagens, uma luta constante.
No Outono hibernaram os seus ramos,
mas não a sua vida.
Como gostaria, por vezes, de hibernar.
Evitaria, talvez, o acontecer do frio nos olhos...
:)

Guilherme F disse...

Não é pelo frio nos olhos; é pela falta do calor no coração (talvez).
Gostei das palavras.
bj
Gui

Anónimo disse...

Isso é a consciência...

Mendes Ferreira disse...

muito bom.



este quente.





beijo.

TINTA PERMANENTE disse...

São coisas do Inverno; logo, logo, há-de vir pelas matinas o sol beijar a terra...

paulo disse...

Ainda bem que te dá, imagina que tinhas de pagar por ele. É, ele há aragens que parece que entram pelas lágrimas, e manhãs de névoa que pelas orelhas entam a patinhar e nos agarram a alma e nos abraçam o sonho e não nos deixam pensar em nada nem em coisa nenhuma. Eu nessas alturas lembro-me do Peter Pan e tento ter pensamentos felizes para voar, nem que seja um palmo acima de mim, um centimetro acima da vida. Olha, flutua pelas arrábidas e aterra de cachão nas fozes e depois trepa a boavista e vê as vistas da casa das músicas e depois canta pela estação do metro, e a canção há-de sair no aeroporto e voar até onde tua queiras. Xi.

Bill disse...

Que leva uma brisa leva para o coração...

Mas que quente tudo fique

:***

Presença disse...

Como um desvanecer...
Na busca do quente penetrante...


Bjs

P.S.- Essas fotos são lindissimas...

Anónimo disse...

Isso é a consciencia que não te deixa em paz, e o medo é frio...

Assim-Assim disse...

A mim também.

jguerra disse...

Mas se às vezes te acontece isso, quer dizer que o resto do tempo tens calor nos olhos, alegria e boa disposição. Esses momentos acontecem a todos e fazem parte do nosso crescimento interior.
Lindas imagens.

Y. disse...

excelente o recomeço.


lá.



amei.


vim aqui. porque lá não é possível.


Obrigada. Li.


_______________e À tua frente O FUTURO. aberto.

e que seja sempre iluminado.


___________________


abraço.

Amaral disse...

O frio nos olhos desperta o pensamento. Obriga-nos a fechá-los ou a afagá-los ou a coçá-los.

O olhar frio esconde um estado de espírito endurecido, um momento do ser desconectado com o ser-superior.

Os olhos são espelhos que captam o que a mente deseja, mas é o olhar que reflecte o que alma "sente" nesse instante.

Às vezes acontece!... A todos nós, simples humanos... O que a mente permite ou a alma deseja!...

Edilson Pantoja disse...

Oi, Alice! Como vai? O frio nos olhos antecede o verão. Abraço e saudade!

poemar disse...

Esse teu verso, sim porque de poesia se trata, dava para uma profunda e exautiva análise. Belo; em plena forma...
Tudo de bom.